MERCADO: instabilidade na matéria-prima

O ano de 2020 têm sido de desafios para diversos segmentos de empresas e indústrias. Ninguém esperava uma pandemia, onde muitas pessoas e empresas tiveram que se reorganizar e por muito tempo ficaram impossibilitadas de trabalhar com 100% das suas capacidades. Atualmente, o mercado está sentindo as consequências de todo esse tempo estagnado, muitas empresas não tem matéria-prima para produzir seus produtos. Diversas plantas petroquímicas do mundo inteiro entraram em contingência, algumas chegando a paralisar completamente, resultando na diminuição da produção das resinas utilizadas para a fabricação do plástico e, consequentemente, um desequilíbrio no mercado. A Erplasti, por exemplo, não pôde parar, pois produz embalagens para alimentos e o consumo dos mesmos aumentaram, uma vez que as pessoas tiveram que ficar em casa, dessa forma, consumiram muito mais que o normal. Devido a esse aumento de demanda, o preço das resinas chegaram a aumentar mais de 40%, forçando às indústrias a repassarem esses valores. A Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast) explicou à revista Forum que, em consequência da pandemia do novo coronavírus, há um “acentuado desequilíbrio de oferta de matérias-primas plásticas no mundo”.  Por isso, os preços têm oscilado de forma brusca. Por consequência, segue a entidade, muitas empresas transformadoras não estão conseguindo ter matérias-primas suficientes para atender toda a demanda. A Erplasti segue se adaptando à essa nova realidade, buscando sempre o melhor a oferecer para seus clientes e parceiros.


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags

ENDEREÇO

Estrada Maurício Cardoso (RSC 287 - 240), 2225 | Bairro São João | Montenegro - RS - Brasil

HORÁRIO DE ATENDIMENTO

Segunda a Sexta, 07:00 - 11:30 e 13:15 - 17:30

CONTATO

Telefone: (51) 3883 2272
E-mail: vendas@erplasti.com.br

ERPLASTI NA REDE

Confira o que estamos postando na rede.

  • Instagram ícone social
  • Facebook
  • YouTube

MX

LOGO ERPLASTI ISO R.png